Os artefatos mais poderosos do Universo Marvel, parte 2

Ao longo da história das HQs, super-heróis e vilões utilizaram armas, artefatos e objetos tão poderosos que, muitas vezes, puderam decidir o destino de uma batalha, de um planeta ou até mesmo do universo inteiro. Estas armas podem ser parte do arsenal de um personagem específico ou um objeto de desejo de algum titã louco que pretende dominar o universo. Esta é a segunda parte da lista dos artefatos mais poderosos no Universo Marvel. 1) O coração do universo: sua origem é incerta, mas sabemos que quem possui o coração do universo ganha um poder próximo à onipotência, ou seja, similar ao poder de um Deus. Controlar o coração do universo é dominar a realidade e a existência universal.

2) Wand of Watoomb: é um bastão dourado com uma cabeça de demônio talhada em cada extremidade. Seus poderes são controlados pela mente, gerando grandes poderes místicos para seu dono, incluindo a habilidade de projetar raios de energia, controle de elementos e capacidade de abrir portais interdimensionais. Atualmente, o bastão está com o Doutor Estranho. 3) A Joia de Cyttorak: é uma brilhante gema parecida com um rubi, que transmite o poder de seu criador original, a antiga entidade chamada Cyttorak. A joia foi descoberta pelo meio-irmão de Charles Xavier, Cain Marko, que ao entrar em contato com ela se tornou o poderoso Juggernaut, um ser com força e resistência incomparáveis, e com habilidade de gerar campos de energia mística.
4) O cristal M’Kraan: segundo as lendas do império Shi’ar, o cristal M’Kraan se formou no primeiro planeta do universo. Conhecido como “o nexo das realidades”, o imenso cristal rosa funciona como um portal para outras realidades permitindo, a quem o utilize, transitar entre os universos. 5) Mjölnir: o martelo do Thor foi fabricado por ferreiros de Asgard com metal Uru no núcleo de uma estrela. O Mjölnir atende ao chamado de Thor em qualquer lugar, mesmo se precisar atravessar a galáxia inteira. Pode controlar o clima, detectar qualquer tipo de energia, manipular a matéria, abrir portais interdimensionais e lançar explosões de energia tão poderosas que poderiam destruir planetas com apenas um golpe. Thor o utiliza para voar a velocidades superssônicas e ninguém, a não ser que seja digno, poderá levantá-lo.